terça-feira, 10 de junho de 2008

Alquerubim

Alquerubim é uma das freguesias do concelho de Albergaria-a-Velha, englobando os lugares de Fontes, Ameal, Calvães, Fial, Paus, Beduído e Salgueiral.

Alquerubim é nome de região e não de povoado, situada na margem direita do Rio Vouga, na fértil área afluvial do rio, na zona fronteira às confluências do Marnel e do Águeda.

Aparece-nos na larga doação e dotação de 26 de Janeiro do ano de 956, feita por Mumadona Dias ao Mosteiro de Guimarães.

Um braço de mar avançava, nesses tempos remotos, pelo Vale do Vouga, fazendo com que na planície que cercava "Alkarovim" se explorassem salinas.
Perdido território pela conquista de Almansor, vamos encontrar, nas vésperas da tomada de Coimbra, Alquerubim, incluída nos bens que já por posse ou por simples direitos a deduzir, pertenciam ao mosteiro Vimaranense, segundo o inventário de 1059.

A sede do concelho medieval era Paus (constituído apenas pela freguesia de Alquerubim, que tinha, em 1801, 1.252 habitantes), hoje um dos lugares da freguesia.

Em Alquerubim existem diversos pontos de interesse turístico:

a) Património natural: Cabeço de Santo Estêvão, margem do Rio Vouga (com boas praias fluviais), Costa de Paus, Alto da Igreja Nova, ...

b) Património histórico: Igreja Paroquial (Santa Marinha), construída nos séc. XVII e XVIII, hoje bastante alterada, possui retábulos barrocos do séc. XVIII. Solares de Pardos, Baeta, Paus e Soengas, capelas de N. Sra. das Dores, Santa Marta, S. Brás e S. Pedro.

c) Principais festividades: Pica Boi (Fial) - último domingo de Maio, Festa do Monte (Beduido) - feriado do Corpo de Deus; Festas Populares - Junho/Julho; Festa de Santa Marinha - último domingo de Julho; São Luís (Fial) - Agosto/Setembro; N. Sra. das Dores (Paus) - 2º ou 3º domingo de Setembro; Santa Marta (Ameal) - data móvel; Stº Estevão (Calvães) - data móvel.

Fonte: Isabel Fernandes, alquerubimonline, JOS (foto)

2 comentários:

Luis Silva disse...

Gostaria de corrigir algo, pois como poderá reparar, no seu p´roprio texto existe uma contradição.
Onde diz "englobando os lugares de Alquerubim, Fontes, Ameal, Calvães, Fial, Paus, Beduído e Salgueiral.", refere Alquerubim como sendo um lugar. Essa afirmação está errada, pois tal como posteriormente refere, "Alquerubim é nome de região e não de povoado".
Obrigado, Luis Silva

João Araujo disse...

Gostava de fazer um pequeno reparo, relativamente ao extinto concelho de Paus. Ele não era apenas formado pelos lugares da freguesia de Alquerubim (Paus, Lavandeira, Beduido, Fial, Ameal, Fontes, Calvães e Pardos), mas também por Paredes, Outeiro, Cazainho e Chousa. "in Águeda - Adolfo Portela"