segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Origem da Igreja Metodista em Portugal


As minas do Palhal foram descobertas em 1744 por ingleses e diz a tradição que continham vestígios de indústria metalúrgica, do tempo dos mouros.

Em 1854, um engenheiro químico inglês, Thomas Chegwin, chegou às minas de cobre no Palhal e ali deu início a aulas para os mineiros e respectivas famílias, distribuindo as Escrituras às pessoas em geral.

O seu trabalho e a perspectiva seguiam as práticas metodistas. Mais tarde colaborou outro leigo, Joseph Ivy.

E é igualmente de realçar o trabalho do obreiro Marques Pereira (foto).

Na sequência do trabalho desses leigos foi aberto um trabalho no lugar de Palhal, desde o fim do século XIX da responsabilidade de cristãos, do Movimento de "Irmãos" - e que ainda hoje existe.

Fontes: Irmãos.net

Obreiro Viriato Sobral

José Fontoura

Manuel Marques Pereira

3 comentários:

lino disse...

Mais sobre Viriato Dias Sobral em :

http://www.iqc.pt/biografias/biografias5.html

http://www.iqc.pt/biografias/viriato-dias-sobral-1908-1992.html

idp disse...

Ildemaro Santos

http://www.portalevangelico.pt/noticia.asp?id=3529

http://www.idpsanturce.org/espacio_pastoral.html

idp disse...

l pastor dos Santos y su esposa fundaron Ia lglesia de Dios Pentecostal en Portugal y estuvieron pastoreando dicha iglesia durante diez años (1964-1974). Durante ese tiempo fundaron iglesias Coimbroes, Gaia, Albergaria , Valmaior , Lisboa 2, y predicaron por todos los pueblos y aldeas. El pastor Dos Santos fue el contacto para abrir la obra en España.

http://www.idpsanturce.org/espacio_pastoral.html