segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

António Domingues Pinto (Séc. XIX-XX)

António Domingues Pinto nasceu em 11 de Janeiro de 1865 em Telhadela, Ribeira de Fráguas, filho de António Domingues Pinto, natural de Telhadela, e de sua mulher Ana Domingues, natural do Vale, Ribeira de Fráguas, lavradores, moradores em Telhadela.

Casou em 30 de Maio de 1897 com Maria de Jesus, inicialmente lavradora e depois doméstica (…) Tiveram nove filhos, alguns nasceram em Portugal, como Arthur Domingues Pinto, e outros no Brasil.

António emigrou para Santos, Brasil, em 1903, onde fez fortuna, afirmando-se como um dos mais importantes industriais da referida cidade no inicio do século XX.

Foi inicialmente lavrador e depois capitalista, industrial e proprietário. Na sua constante ida e volta entre Albergaria e Santos [saíu do pais em 1903, 1904 e 1906], chegou a ocupar a vice-presidência da Câmara de Albergaria-a-Velha, na Monarquia (1908-1910) e a presidência da Junta de freguesia da Ribeira de Fráguas, já na República (1911-1914).

Em 1906 promove a angariação de fundos entre a comunidade Telhadelense radicada no Brasil, com o objectivo de construir a torre da capela de Telhadela e comprar o respectivo relógio e sino, o que efectivamente veio a acontecer.

Ele e seu irmão Manuel foram os grandes impulsionadores da abertura da actual estrada que liga Telhadela à sede de freguesia.

Fontes/Mais informações:

Telhadela.blogs.sapo.pt / "Albergaria-a-Velha 1910-da Monarquia à República" de D. Bismarck Ferreira e R. Vigário / "Telhadela - Perspectiva Histórica e Etnográfica" de N. Jesus, E. Campos e V. Marques

3 comentários:

Anónimo disse...

o Dr. Arthur nasceu em Telhadela

João Pereira disse...

Boa tarde. Estou a fazer uma árvore genealógica e tenho também parentes em Ribeira de Fráguas. Este senhor António Domingues Pinto também já consta na minha árvore, penso ser o mesmo senhor. Quem me pode ajudar? Nesta foto parecem estar mais pessoas. Alguem tem a foto original? Obrigado pela ajuda. Cumprimentos, João Pereira

Blogger disse...

Tente falar com Dr. Delfim Bismarck ou Sr. Nuno Jesus no facebook