sexta-feira, 30 de maio de 2008

Padre Manuel Armando Rodrigues Marques (Prof. Marcos do Vale)

De nome próprio Manuel Armando Rodrigues Marques, o Prof. Marcos do Vale, nasceu na freguesia de Vale-Maior, do concelho de Albergaria-a-Velha.

Destes dois elementos adoptou o seu pseudónimo artístico: de Marques é MARCOS; e de Vale-Maior, DO VALE.

Filho de família muito modesta é o último rebento, com sete irmãs nascidas à sua frente.

Depois de frequentar a Escola Primária na sua terra natal e, tendo feito o exame de admissão, entrou no Seminário de Aveiro, em 1952, onde permaneceu até 1961, ingressando nesse ano, no Seminário Maior dos Olivais, em Lisboa, aí concluindo o Curso de Teologia.

Em 1965 foi ordenado sacerdote, sendo, depois, colocado no trabalho pastoral na Gafanha da Nazaré (um ano); em Águeda, acumulando com a coadjutoria da Vila, o encargo de Capelão do Hospital local, Professor da Escola Secundária, pároco da freguesia serrana de Castanheira do Vouga (4 anos).

Após estas primeiras etapas foi nomeado pároco de Cacia, concelho de Aveiro, onde permaneceu de 1970 a 1990, tendo sido, então, transferido para Aguada de Baixo, do concelho de Águeda, que paroqueia conjuntamente com a paróquia de Avelãs de Caminho, do concelho de Anadia.

Desde os tempos de estudante, tomou parte em várias organizações teatrais, demonstrando uma apetência natural pelas artes de palco.

Tendo estudado Psicologia e demonstrando a intuição por tudo quanto se relaciona com o mistério do Homem, sobretudo nas suas dimensões interiores, procurou penetrar um pouco mais nesses segredos com um estudo aturado.

Quase fortuitamente, contactou com a ciência e arte da Hipnose que tentou desenvolver na teoria e na prática.

Depois de alguns tempos de experiência, entrou nos festivais-concurso que se efectuavam regularmente na Figueira da Foz tendo obtido, por três vezes, o melhor lugar em Hipnose (1975, 1977 e 1982).

É possuidor de Carteira Profissional de Artista de Variedades, com o número 98/01/0803, desde 1974, e é membro da API (Associação Portuguesa de Ilusionismo), com o número 33, e do Clube Mágico Português.

Desde há muito, tem percorrido o nosso País de lés a lés, actuando em espectáculos promovidos pelos mais diversos sectores da vida cultural, artística, recreativa e beneficente.

Fez várias viagens a países estrangeiros onde há comunidades portuguesas: Estados Unidos, desde a Califórnia até New York, Canadá, Alemanha, Suíça, França e outros, passando também pelas diversas ilhas do Arquipélago dos Açores.

Actuou para diversos canais de Televisão nos quais tomou, também, parte em alguns talk-shows.

Alia, nos seus espectáculos, o saber, a arte e a boa disposição, tendo contribuído para o bem-estar e boa disposição de milhares de pessoas que já assistiram à demonstração da sua capacidade de pisar o palco.

Fonte: internet

2 comentários:

Teresa Santos disse...

Ajude-me por favor.
Como fazer, para me encontrar com o sr.?

A minha própria médica me indicou ir ao sr.

Teresa Santos

Blogger disse...

Pode visitar o blog do prof. Marcos do Vale

http://professormarcosdovale.blogspot.com/