quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Filarmónica Angejense


A Associação de Instrução e Recreio Angejense (AIRA) foi fundada a 13 de Setembro de 1867, sob o nome de “Philarmónica Angejense”, sendo a segunda banda mais antiga do concelho de Albergaria-a-Velha.

A escritura foi efectuada no tabelião de Sousa de Paus, lugar pertencente a Freguesia de Alquerubim, mas que naquela altura era sede de concelho de Albergaria-a-Velha.

Os instrumentos para a mesma custearam no Porto a quantia de 400 mil réis. Este dinheiro foi pedido à Caixa Económica de Aveiro, sendo seu fundador o sócio Manuel Nunes Ferreira Abreu.

Como primeiro maestro teve o Padre António Santos, desta freguesia.
Tendo sido elaborados e aprovados os seus Estatutos em 1909, a Philarmónica Angejense, passou a ser parte integrante de "Associação de Instrução e Recreio Angejense".

Com cerca de 600 associados, prossegue hoje a sua actividade, mais do que nunca virada para a Banda de Música - composta por 50 músicos de sopro e de percussão, Orquestra e Escola de Música.

Fonte: J. F. Angeja

1 comentário:

aira disse...

http://www.portugalcentro.pt/rumoaocentro/artigo.php?pcid=7

http://www.portugalcentro.pt/pcvideos/player_angeja.swf