terça-feira, 24 de agosto de 2010

Otília Santos, pintora


Otília Santos nasceu em Albergaria-a-Velha e formou-se em Artes Plásticas pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto (ESBAP), no ano de 1978.

Foi professora do ensino secundário durante 30 anos na zona do Porto, tendo sido uma das impulsionadoras da cooperativa cultural "Artistas de Gaia", que abrangia um grupo de artistas gaienses e/ou residentes em Gaia.

Em 1981 participou na exposição de ex-alunos da ESBAP, no bicentenário daquela instituição, tendo sido convidada para estar presente no 1º Encontro Ibérico das Escolas Superiores e Faculdades de Belas Artes.

E expôs, pela primeira vez, individualmente, em 1983, no Centro Cultural de Aveiro.

Em 1990 obteve uma menção honrosa na exposição colectiva promovida no decurso do "13º Congresso Mundial da Federação Internacional das Organizações de Dadores Benévolos de Sangue".

Está representada na edição de postais "Novo Milénio" da Cooperativa Artistas de Gaia, 2000.

Criou e executou 17 painéis pintados (3,00/2,00x1,20m) para as Igrejas Metodistas de Aveiro e Monte Pedral – Porto.

Em 2009 foi-lhe atribuída uma declaração de mérito conferida pelo júri da I Bienal Internacional de Pintura da Fundação Rotário Portuguesa.

Ilustração

- Ilustrou a capa do Romance “Eras Tu, Júlia”, de Leopoldo Guimarães;
- Ilustrou a capa do livro de Poesia “Coisas Do Tempo” de Nelson Azevedo Ferraz;
- Ilustrou, para a Porto Editora, uma grande variedade de livros escolares, a convite dos autores dos mesmos.

Exposições individuais

1983 - Centro Cultural de Aveiro; Grande Hotel do Porto; Grande Hotel do Porto.
1991 - “Expressão Mulher”, Galeria Maria Manuela, V. N. Gaia (parceria com a escultora Helena Fortunato).
2005 - Galeria 153, Porto.
2007 - Galeria 153, Porto; Galeria Belmiro Pereira, Vila Real, (parceria com o ceramista José Fraga).
2008 - “EquiDistâncias”, exposição de comemoração dos 25 Anos de actividade artística, Biblioteca Municipal de Vila Nova de Gaia.
2009 - “Memórias de um Percurso”, Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, Braga.
2010 - “Basta uma flor, basta uma asa…”, Casa da Cultura de Vila Nova de Gaia; “Espírito do tempo”, Cooperativa Árvore, Porto.


Fonte/Mais informações: Cooperativa Árvore (adaptado) / Facebook

Sem comentários: